Professores da rede pública fazem paralisação por falta de pagamento
Por conta disso, estudantes terão as aulas suspensas nos três turnos das escolas públicas do município. 

Redação com informações da FBF - 09/10/2017 - 08:11
Link

Os professores da rede pública de ensino da cidade de Guaratinga cruzaram os braços, na manhã desta segunda-feira (9), em adesão à paralisação devido à falta de pagamento de alguns deles referente ao mês de setembro. Por conta disso, estudantes terão as aulas suspensas nos três turnos das escolas públicas do município. 

De acordo com a APLB sindicato de professores do município, a paralisação é devido à um acordo onde a prefeitura, tem até quinto dia util subsequente para fazer o pagamento. E como esse prazo não foi cumprido, a paralização foi convocada.

Ao BAHIA DIA A DIA, o secretário de Educação Francisco Carlos informou que a maior parte dos professores já receberam os salários. A ausência é somente  do repasse de alguns deles: "Estamos aguardando complementar o valor de 130 mil reais para quitarmos complementarmente a folha de pagamento desses profissionais que ainda restam receber. Isso deverá acontecer ainda nesta segunda, ou no máximo até terça-feira.

Ainda conforme o secretário, a prefeitura está utilizando a complementação do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) todo mês para complementar a folha, pois apenas com o fundo do FUNDEF (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério) não é possível pagar por completo a folha da educação.

A APLB convocou uma assembleia para esta segunda às 15 horas, onde será aguardado o posicionamento da prefeitura.

MAIS NOTÍCIAS

CRESCIMENTO ECONÔMICO
Cabrália sobe de categoria no Mapa de Turismo
3 dias atrás